Blog

Canoagem em águas brancas: desafio com a natureza

Categoria: Águas Brancas

Entre os dias 5 e 7 de outubro de 2017 será realizado em uma seção do rio Wellerbrücke no Vale Oetztal da Áustria, a decima edição do Campeonato Mundial de Caiaque Adidas Sickline. 

Essa é uma modalidade considerada recente de canoagem, mas uma das mais emocionantes vertentes do esporte. Os melhores kayakers de águas brancas de muitas disciplinas de caiaque diferentes – canoístas de expedição de rios, pilotos de slalom e atletas de kayak extremos – se reúnem para competir em uma situação de corrida e muita adrenalina.

Ainda que o Sickline seja atrativo aos olhos dos canoístas, sendo disputado pelo formato head-to head (um contra o outro) o que torna a concorrência extremamente justa e próxima, pois qualquer um dos top 16 finalistas tem a chance e a capacidade de ganhar um lugar no pódio, o ambiente não costuma ser acolhedor: o percurso possui nível elevado de obstáculos, volume de água, perigos naturais, refluxos, além de passagens imensamente estreitas e perigosas, onde o atleta precisa explorar o vai e vem da água em manobras por muitas vezes sobre pedras e costeiras. 

Descrever em palavras a sensação de remadas assim não é nada fácil, o grau de dificuldade é tão amplo quanto encontrar uma definição para uma categoria de canoagem tão imprevisível e selvagem. Para o praticante Paulo César (conhecido por Zulu), atleta de Kayak Extremo há 25 anos e patrocinado pela Hidro2Eko, o Adidas Sickline é daquelas atividades esportivas que geram no canoísta um intenso estado de concentração e fluxo e diz que “ É o momento onde tudo se apaga e o atleta só interage com seus equipamentos focado no Hic et Nunc (Aqui e Agora) para triunfar o tão procurado cinturão do campeonato mundial ”.

Com forte concorrência, Paulo César tem um lema para brilhar na competição e deixa como dica para quem vai se aventurar esse ano “ Se você quer chegar aonde a maioria não chega, precisa estar disposto a fazer o que a maioria não faz! ” Finaliza.

Confira os melhores momentos de 2016: 

 

 

 

Texto por: Carolina Leonel